Ceará tem quase mil vagas de emprego disponíveis
São 87 vagas para vendedor pracista em Fortaleza
Foto: Lucas Moura
São 87 vagas para vendedor pracista em Fortaleza Foto: Lucas Moura

Ceará tem quase mil vagas de emprego disponíveis

São 997 oportunidades de trabalho na Capital, Região Metropolitana e interior do Estado

Sistema Nacional de Emprego (Sine) do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) do Ceará está com 997 vagas de emprego disponíveis em todo o Estado. Destas, 249 são voltadas para os residentes na Capital e outras 203 para o Pecém, em São Gonçalo do Amarante.

Além dessas cidades, há vagas em Eusébio (88), Maracanaú (85) e Quixadá (76). Nas outras regiões do Ceará, há oportunidades nos municípios de Aracati, Crateús, Horizonte, Iguatu, Itaitinga, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Sobral e Tianguá.

Em Fortaleza, a maior quantidade de vagas é para vendendor pracista (87 oportunidades). Com a aproximação das festas de fim de ano e da Black Friday – 29 de novembro – as lojas iniciam os processos seletivos para contratação de vendedores.

No Pecém, onde está localizado o Porto, há disponíveis 50 vagas para motoristas de caminhão.

O gerente da Unidade do Centro do Sine/IDT, Jidlafe Rodrigues, diz que é preciso se atentar na hora de concorrer a uma vaga, principalmente, nos quesitos aparência e currículo.

“Uma dica é ter aquele cuidado especial com a sua aparência, a sua preparação para se apresentar bem diante de uma entrevista ou processo seletivo. Inclusive a boa aparência do seu currículo, a limpeza dele, porque ele vai chegar na empresa antes de você”.

Os interessados devem procurar uma das 18 unidades do Sine/IDT no Ceará portando carteira de trabalho e currículo. As informações sobre vagas não são dadas por telefone. Todas as oportunidades de trabalho estão sujeitas à alteração.

Para conferir os endereços do Sine/IDT, clique aqui

 

 

FONTE: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/negocios/online/ceara-tem-quase-mil-vagas-de-emprego-disponiveis-1.2175748

 

REDAÇÃO: Suzi Souza

18/11/2019 – 11:15

Redes Sociais:
            71VQR1WetdL      Facebook